PARNAHYBA SPORT CLUB – O PRIMEIRO TIME, PRIMEIRO CAMPEÃO E PRIMEIRO PENTA!

O Parnahyba Sport Club completa, hoje, 97 anos. Fundado ao primeiro dia de maio de 1913, o Tubarão é considerado o primeiro time de futebol piauiense.

Muitos jogos figuram entre os mais recordados, entre os quais as finais do Tri e jogos como 4×1 e 8×1 sobre o IV de Julho; 3×0 sobre o Comercial e Caiçara; 5×1 sobre Ríver e 4×0 sobre o Flamengo. Igualmente, alguns clubes do nordeste sofreram goleadas do Tubarão, a exemplo do 4×2 sobre o Moto Clube, pelo Brasileiro da Série B, em 1991; 4×2 sobre o Imperatriz pela Série C, em 2005 e 3×0 sobre o Sampaio Correia, todos do Maranhão.

O Time conta, hoje, 11 Títulos: 10 Estaduais e 1 Torneio Alberto Silva. Parabéns ao Tubarão! Parabéns ao Time do saudoso Sr. Pedro Alelaf.

Pois bem! Registradas as felicitações, quero, aqui, mencionar o fato de não haver nenhuma busca, nenhuma tentativa de conhecimento sobre os títulos do Parnahyba, apontados acima, pelo torcedor azulino, dando margem, ainda, aos textos produzidos pela crônica de Teresina, a esse respeito.

A rivalidade entre as cidades de Parnaíba e Teresina parece não haver fim. Não só se verifica no contexto político, mas perpassa e termina por constatada também nos gramados.

Há artigos nomeando o extinto time Theresinense o primeiro campeão piauiense de futebol e não considerando os primeiros títulos do Parnahyba.

Ora, observemos:nas primeiras décadas do século xx, cada Estado realizava seu certame, de forma que dois campeões eram considerados. Assim ocorria com o futebol brasileiro na época, por meio das Ligas, até 1941, data em que Getúlio Vargas, então Presidente da República, decretou que os Estados tivessem apenas uma Federação de Futebol. Aqui, no Piauí, não foi diferente.

O Parnahyba Sport Club, fundado em 1 de maio de 1913, fora campeão em 1916, pela LSP (Liga Sportiva Parnahybana). Já o Theresinense, campeão em 1919, pela LST (Liga Sportiva Theresinense).

Ressalte-se, ainda, o fato de que, no período citado acima, apenas a Liga de Parnahyba era reconhecida, pela Confederação Brasileira de Desportos, hoje a Confederação Brasileira de Futebol – CBF.

Não há, portanto, nenhum fundamento que questione o título (1916) do Parnahyba Sport Club, nem o penta (1924, 1925, 1926, 1927 e 1928) e, muito menos, o fato de ser o único tri (2004, 2005 e 2006) da primeira década do novo milênio. Se levada à risca a trajetória do Futebol Piauiense, haveria, evidentemente, questionamento plausível quanto às finais de 1976 e 2003, envolvendo Parnahyba e Flamengo, e suas arbitragens inclinadas ao time da Capital, sem mencionar o  jogo da final de 2009, entre Flamengo e IV de Julho.

Vê-se, por fim, que tal emulação ainda mais empobrece o Futebol do Piauí, estando sua força concentrada no futebol dos clubes do interior – merecedores de aplausos –, desde algumas décadas, dos feitos em competições estaduais, nacionais e em arrecadação. A exemplo disso temos o Barras, 7° colocado na Série C de 2007.

Assim, constata-se que o Parnahyba Sport Club é o lídimo primeiro campeão piauiense, do mesmo modo que se verifica o primeiro penta campeão  de futebol, ainda que não queiram os cronistas teresinenses. E, a bem da verdade, quem, em sua sã consciência, perderá seu tempo com eles?Ademais, (baseando-se em fatos e não em hipóteses), contra fatos não há argumentos. Avante, Penta Campeão!!!!!

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s