BATISTA FILHO: ALÉM DAS MARCAS, MUITO PRÓXIMO DA CONSAGRAÇÃO!

BATISTA FILHO: ALÉM DAS MARCAS, MUITO PRÓXIMO DA CONSAGRAÇÃO!

Por Renneé Cardoso Fontenele

Parnaíba/PI

A campanha do Parnahyba Sport Club deste ano é um tanto interessante. Os números mostram, sobretudo, uma dinâmica implacável do Clube quando se referem aos jogos dentro de casa. A equipe azulina de hoje, em relação às formações anteriores dos últimos três títulos, não supera e nem se iguala a nenhuma das três, em termos técnicos – é, em verdade, inferior.

O trabalho de base, feito anteriormente pela direção do clube (antes do início do Certame 2011) foi, e continua sendo, de suma importância. A própria circunstância levou o Parnahyba a dar créditos a quem não estava sendo cogitado, para assumir outras posições no Clube. É o caso do Treinador Batista, que, de Diretor de Futebol, passou a dirigir a equipe por ausência de Técnico. Com os bons resultados como interino, foi efetivado Treinador do Peixe. Eis aqui a questão: se o plantel atual do Parnahyba não é dos melhores, qual a razão dos números positivos alcançados?

Pois bem! Muitos torcedores do Tubarão, quando Batista resolveu deixar o Clube por ocasião do boicote dos clubes semifinalistas do primeiro turno, disseram que ele não havia contribuído em nada para a campanha positiva do time, porque o elenco seria suficiente bom, não necessitando de intervenção técnica, para chegar onde chegou. Ora, mas que descalabro maior poderia sofrer um profissional que, por dedicação ao clube e valorização ao nome, chegando onde chegou, teria seu trabalho não reconhecido?

(NEM NA ÉPOCA DO TRI, O PARNAHYBA CHEGARIA À FINAL DO PRIMEIRO TURNO COM APROVEITAMENTO DE 100% EM CASA!)

Foram, até o momento, 18 jogos, 4 amistosos, 3 pelo Torneio Movimentação e 11 pelo Estadual em curso, dos quais 12 vitórias, 2 empates e 4 derrotas. Foram 31 gols marcados, e 15 gols sofridos, perfazendo um saldo positivo de 16 gols.

(NESTE ANO, O BARRAS FUTEBOL CLUB CONHECEU SUA PRIMEIRA GOLEADA SOFRIDA POR UM CLUBE PIAUIENSE – BATISTA FILHO CONDUZIU O PARNAHYBA A TAL FEITO!)

De Batista o que é de Batista: o Treinador Batista Filho superou a melhor marca conseguida por Oliveira Canindé, quando, em 2006 (época do Tri), o Parnahyba chegou à final do primeiro turno invicto dentro de casa, mas não com aproveitamento de 100% – marca já conseguida, sob o comando técnico de Batista Filho, e, diga-se, com um plantel inferior ao da referida época.

Os números, ademais, revelam a competência desse Treinador que, inicialmente, fora desacreditado por muitos. Hoje, porém, aclamado pela massa azulina espalhada pelos rincões do Nordeste brasileiro. Por tudo que já fora feito, por ele, neste ano, ele pode ser considerado um campeão distinto.

Domingo, portanto, será o grande dia de Batista Filho, podendo significar sua consagração e início de uma carreira vitoriosa.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s