PARNAHYBA COMPLETA 99 ANOS ATROPELANDO O PIAUÍ NO PISCINÃO!

EM SEU ANIVERSÁRIO, TUBARÃO GOLEIA PIAUÍ, IGUALANDO-SE AO LÍDER DO CERTAME!

(Com 1013 pagantes e uma renda de 10.370,00, Tubarão atropela Piauí, recebendo o Troféu Comendador Pedro Alelaf, no Piscinão!)

Em tarde de muito futebol pela 4ª rodada do campeonato piauiense de futebol, o Parnahyba Sport Club recebeu a equipe do Piauí, no estádio Piscinão. Neste 1º de maio, o Parnahyba chega aos 99 anos de muita glória e trabalho.

Disputando o Troféu Comendador Pedro Alelaf, o Parnahyba iniciou a partida de forma tranquila, sem muita movimentação. Mesmo sem haver uma dinâmica no ataque, o Parnahyba chegou ao primeiro gol com Paulo, escorando de cabeça o cruzamento pela esquerda, fazendo balançar o Piscinão.

(Poderia haver sido 1 a 0, não fosse a intervenção de Aníbal no intervalo – eis a diferença que há em um grande treinador!)

Com 1 a 0 no marcador, o Parnahyba não desenvolveu um futebol que poderia realizar, dando espaço ao Enxuga-Rato, que foi para o vestiário com o resultado adverso.

Após a conversa com os jogadores no intervalo, os jogadores azulinos entraram com outro ânimo no segundo tempo, mas as conclusões não aconteciam.  Aníbal, então, modificou aos 15 minutos, retirando de campo Rivelino, substituído por Puxinha. 15 minutos mais tarde, Juninho substituía Paulo, fortalecendo o ataque azulino.

(Lembrado pelo Futebol Piauiense, seu Pedro Alelaf é homenageado em dia bastante significativo!)

Se até aos 30 minutos do segundo tempo as jogadas não eram convertidas em gol, sobrou bola na rede a partir de então. Nenzinho, aos 35, chuta forte e consegue vencer o arqueiro rubro-anil, ampliando o placar do jogo para 2 a 0.

Numa jogada na área, aos 38, Puxinha, após o drible no beque, bate certeiro, fazendo 3 a 0 Tubarão. Como era tarde de festa, os minutos finais seriam ainda mais emocionantes. Fabinho, aos 40, recebendo da esquerda, driblando o zagueiro rubro-anil, marca o seu gol com maestria, fazendo 4 a 0 Tubarão.

O ataque azulino estava, no segundo tempo, em harmonia. Puxinha e Fabinho fizeram a “grande dupla” de ataque, ataque que ainda proporcionava mais emoção aos torcedores. Aos 45, em velocidade, Puxinha serve Fabinho que não perdoa, marcando mais um na partida, e dando números finais ao jogo: 5 a 0 Parnahyba!

Ao final, Totonho, Capitão azulino, recebeu de Hélio Alelaf, Presidente do Conselho Deliberativo, o Troféu Comendador Pedro Alelaf, em comemoração aos 99 anos do Parnahyba, e estima a quem, por muitos anos, elevou o nome do clube.

Renneé Cardoso Fontenele – Assessor de Imprensa do PSC

Todas as fotos pelo Assessor de Imprensa Renneé C Fontenele, aqui:

http://www.facebook.com/media/set/?set=a.300491443365027.142441.225873720826800&type=3

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s