TUBARÃO BATE RAPOSA EM TERESINA, AUMENTANDO VANTAGEM!

(Com o título mais próximo, Parnahyba mostra empenho e qualidade tática e técnica no Lindolfo Monteiro, diante do Flamengo!)

Pela primeira partida da final do estadual de 2012, o Tubarão enfrentou o Flamengo no Lindolfo Monteiro, na noite de hoje (11).

A bola rolou e o confronto em sua etapa inicial mostrou a igualdade entre as duas equipes. Mas o Parnahyba tomou a iniciativa, partindo para o ataque com Cleiton Cearense, tentando, em duas oportunidades, abrir o marcador, em dois chutes ao gol rubro-negro. Foi com Fabinho, porém, a maior oportunidade de gol. Aos 35 minutos, após aplicar um lençol no arqueiro Robson, o artilheiro azulino manda a bola por cima da meta.

Na segunda etapa do embate, o Parnahyba principiou com maior volume de jogo. Fabinho, pela esquerda, quase marcava, quando a linha de frente azulina descia no contra-ataque, aos 15.

Com a saída de Renatinho e Luciano, sendo substituídos por Da Silva e Jorginho, o ataque tomou outra forma. Mais forte em campo, o Tubarão pressionava, sobretudo nos contra-ataques. Jorginho, aos 25, enxerga Fabinho, que, de calcanhar, serve ao meia  William, mandando para as redes rubro-negras, sem defesa para Robson: 1 a 0 Tubarão.

Com a vitória, a equipe azulina poderá até perder por 1 a 0, por exemplo, na partida de volta, para conquistar o título deste ano. Nova vitória, empate ou derrota mencionada domingo próximo em Parnaíba, o Tubarão conquistará mais um título estadual.

Por Renneé C Fontenele/Assessoria de Imprensa do PSC

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s