PEDRO ALELAF, A ÁGUIA AZUL DA PARNAÍBA

Muitas vezes ação do homem se confunde com a própria história do seu tempo e de sua geração. Aos poucos, os sonhos de vida vão sendo construídos, cada tijolo que se põe na parede da determinação humana, afinal a história da cada qual vai se delineando, até se consagrar como um vencedor.

Pedro Alelaf deixou Floriano, sua terra natal, muito jovem para buscar novas conquistas na cidade praiana de Parnaíba. Lá se tornou empresário no ramo de cinema e por último de venda de material esportivo, comerciante respeitado por todos que o conhecia.

Dedicou-se a maior parte da vida ao Parnaíba, primeiro como jogador e após como dirigente, enfrentando todo tipo de dificuldades, isto fui testemunha como representante do Parnahyba Sport Club de 1991 a 2001, junto a Federação de Futebol do Piauí. Sempre e sempre, demonstrava ao longo dos seus 84 anos de vida, bem vividos, que teve a determinação nos obstáculos que via pela frente, com o pensamento voltado para o grande Arquiteto do Universo. Buscava o arco sóbrio da felicidade, mostrando aos familiares e amigos a posição firme de homem leal, amigo e honestidade nos atos praticados. Recebia com muito afago os seus amigos na sua residência; na mesa não podia faltar à coca-cola em litro, e kibe, assim exclamava ao convidar aos amigos para uma refeição: “Carmélia, pode botar a refeição que meus amigos estão aqui”.

Pedro Alelaf, o Comendador, como gostava de ser chamado, foi um cidadão de bem inquestionável, amigos de todos; como esposo da Dona Carmélia, de quem recebi todo apoio, foi um maridão amoroso e dedicado. Como pai, sem comentário, modelo. Como desportista, todo o Piauí o conheceu, cuja conduta foi um oceano de riquezas e forte contribuição do esporte parnaibano, piauiense e até brasileiro, dirigindo por mais de 30 anos a agremiação mais antiga do futebol piauiense, sempre presente em todas as competições promovidas pela mentora do nosso futebol.

Com isso, pode-se dizer que é fácil se render homenagem a essa figura, Pedro Alelaf, que materialmente não está entre nós, porém acredito sem medo de errar que ele obteve a permissão do plano espiritual para estar, neste momento, aqui entre nós.

Então, quero saudar e render minha homenagem a todos os parnaibanos pela conquista do quarto Título de Campeão do Futebol Piauiense, pelo nosso querido Parnahyba Sport Club, por coincidência também começa com o “P”, Pedro Alelaf, este monstro sagrado do nosso glorioso futebol.

Senhor Deus e a Virgem Maria, inspirado na vontade que Pedro Alelaf tinha pelo crescimento do nosso futebol, rogo aqui na presença de todos que ilumine a cabeça dos atuais dirigentes e que possam reposicionar a melhoria do nosso futebol, assim encontrando o caminho do sucesso, que abençoe a todos.

Celso Carvalho Lima

Desportista e Cronista Esportivo

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s