GALO VENCE TUBARÃO E CONQUISTA O RETURNO DA COPA PIAUÍ

(Depois de iniciar perdendo, tricolor vira e garante vaga na final da competição!)

A tarde parecia que seria outra. Com o peso da vitória sobre as “costas”, o River entrou em campo necessitando vencer o Parnahyba a qualquer custo. O Clube azulino, por sua vez, apenas queria terminar a competição vencendo, isto é, complicando a vida riverina, assim como fizera no turno, em Parnaíba, com o empate sem gols.

Com o ingresso abaixo do preço atual, o Lindolfo Monteiro, nesta Copa Piauí, recebeu um público até que dentro do esperado: mais de mil torcedores, dentre os quais 649 pagantes, resultando numa renda de 3.760,00. A torcida tricolor acreditou e compareceu, não em massa, mas em número satisfatório em relação aos jogos anteriores.

Quando a bola rolou, o Tubarão logo se impôs em campo, abrindo o marcador no Lindolfo Monteiro, depois de cruzamento na área de Robinho, Alessandro aparece e usa a cabeça para colocar o clube praiano em vantagem: 1 a 0 Tubarão.

A partida ficou tensa, sobretudo para o lado tricolor, em virtude da necessidade de vitória. Em falta distante da meta azulina, o Galo consegue empatar ainda na primeira etapa, com Mimi, batendo para o gol de William que, até então, vinha defendendo tudo que possa imaginar: 1 a 1, no LM.

Na segunda etapa as coisas continuaram o final da primeira: logo ao iniciar, Afonso Amorim marca penalidade máxima em jogada de Eridon com Mimi. Kamar cobra e faz 2 a 1 River. O terceiro gol tricolor de bola parada saiu em nova penalidade máxima: jogada forte de Damisson em Rogério Manaus, e Jardel bate para o fundo do gol azulino: 3 a 1 Galo Carijó, e o título do returno da Copa Piauí conquistado pelo River.

O jogo foi válido pela 5ª rodada do returno da Copa Piauí, no estádio Lindolfo Monteiro em Teresina – PI. Afonso Amorim de Sousa conduziu o confronto, auxiliado por Francisco Nurisman Machado Gaspar e Thyago Costa Leitão.

O Parnahyba jogou e se despediu da Copa Piauí com William Boré; Eridon, Marcos Gasolina (Juninho Pikachu) e Pedro; Gilmar Baiano, Alessandro, Damisson, Isael e Nenzinho (Toni); Fabinho (Puxinha) e Da Silva. Técnico: Paulo Moroni.

O River jogou e venceu com Robinho; Leandro, Jó e Binha; Tote, Tela, Mimi (Rogério), Péricles (Nego) e Jardel; Maranhão e Anderson Kamar (Crislan). Técnico: Anibal Lemos.

Parnaíba – PI

Renneé C Fontenele

Anúncios

One comment

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s